O diferencial da NR 10 nas casas

NR 10 veio para regular os profissionais, procedimentos e as instalações elétrica (seja de instalações industriais, comerciais ou mesmo residenciais), de forma a garantir mais segurança para a área.

Como diz o item 10.1.2 da norma, ela está presente até mesmo no projeto das instalações, e isso faz toda diferença. Quer entender o impacto disto?

Todos os anos a ABRACOPEL (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade) registra uma diferença enorme entre o número de acidentes em casas e apartamentos, como mostra a imagem a seguir. O porquê disto é que as casas brasileiras, em sua grande maioria, não possuem projeto elétrico, logo não têm um profissional habilitado respeitando normas (como a NBR 5410) e seguindo padrões de segurança para a instalação e as pessoas.

Como sabemos, a maioria das casas brasileiras são construídas a partir de um único profissional, o pedreiro, que irá fazer inclusive a instalação elétrica, usando conhecimentos passados por outra pessoa sem habilitação, ou, pelo menos capacitação na área de elétrica. A imagem abaixo, também retirada de estudos da ABRACOPEL, mostra que muitos acidentes são provocados por incêndios, provavelmente de “puxadinhos” que são feitos da instalação elétrica inicial (já precária) que aumentam a carga, aumentando a chance de incêndios residenciais. O choque elétrico também acaba sendo muito comum em casas, levando a acidentes fatais.

Mortes por choque elétrico em diferentes localidades em 2019
Mortes por choque elétrico em diferentes localidades em 2022

Mas por que todos os prédios têm projeto elétrico, e casas não?

O RECOM (Regulamentação para Fornecimento de Energia Elétrica aos Consumidores) da maioria das distribuidoras de energia requisita ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) apenas para instalações elétricas a partir de uma determinada tensão de ligação e demanda de energia. Por exemplo:

o RECOM da Light não exige ART para instalações individuais (casa, por exemplo) monofásicas e polifásicas ligadas em sistema 220/127 V, com carga instalada até 15 kW, localizadas em regiões de rede de distribuição urbana, aérea e subterrânea.

Os prédios e condomínios se encaixam em situações diferentes, exigindo a ART de um profissional habilitado e projeto elétrico seguindo as normas que se adequam ao local.

Moral da (estatística ABRACOPEL) história

Não é porque o RECOM não exige, que você não pode fazer sua casa com instalação elétrica adequada, projetada e CONDUZIDA por uma pessoa capacitada. Digo conduzida em caixa alta para chamar a atenção mesmo. Não adianta ter um projeto elétrico bem feito e colocá-lo nas mãos de quem não sabe ler diagrama e que acha tudo aquilo uma grande besteira.

Sim, fazendo desta forma, a construção da sua casa vai sair mais cara, mas não tenha cabeça pequena. Vamos as vantagens:

  1. Uma casa com instalação elétrica projeta, com ART, e com tudo bem instalado, aumenta seu preço de mercado. Estamos falando do mercado imobiliário, em que tudo se valoriza a cada dia. Não tenho dúvidas que com isso a valorização vai além do valor gasto (investido);
  2. A casa se torna mais segura. Lembre-se que nela que irão morar e vistitar pessoas importantes para você. É nesta casa que você irá descansar e passar suas noites de sono. Ela deve ser um refúgio para você e quem você ama.
  3. Uma instalação bem projetada, além de segura, aumenta a qualidade do funcionamento e vida útil dos equipamentos que você liga. Quem nunca viu as luzes da casa ficarem fracas após ligar o chuveiro, ou o micro-ondas? Problemas como esse, causados por queda de tensão, podem queimar lâmpadas e geladeiras, que não conseguem uma tensão adequada para dar partida no compressor.

Espero que tudo isso te faça pensar antes de construir, ou te dê a ideia de reformar a instalação da sua casa. A NR 10 está aí para gerar melhorias não só para quem trabalha com eletricidade, mas também quem faz uso dela, ou seja, todos!

Referências:
https://abracopel.org/wp-content/uploads/2022/04/Abracopel_Digital_Correto-final.pdf
https://abracopel.org/wp-content/uploads/2020/02/Anu%C3%83%C2%A1rio_2020-Site.pdf
RECOM LIGHT - BT Entradas coletivas e individuais
NR 10 - Segurança em instalações e serviços em eletricidade